quarta-feira, agosto 31, 2016

Cronograma Capilar: seu cabelo será salvo.


Olá, você é daquele tipo de pessoa que vive querendo ter o cabelo lindo e nem sequer hidrata? Ou é daquelas que faz uma hidratação uma vez no mês e quer ter resultado?Sinto em lhe informar, mas as coisas não funcionam assim. Quer ver qual a solução para o seus problemas? Então continua lendo que, eu garanto que posso te ajudar. 

  • Diagnóstico Capilar:

Um cabelo seco ou ressecado se caracteriza pela falta de maleabilidade e também é áspero ao toque, esse cabelo precisa de Hidratação que será a reposição hídrica do fio.
Se o seu cabelo esta poroso, embaraça com facilidade, está com frizz, volume em excesso, fica com forma indefinida e sem brilho; seu cabelo precisa de Nutrição que será a reposição lipídica que vai lubrificar a fibra capilar e vai manter a Hidratação do seu fio.

Se o seu cabelo passa por qualquer tipo de química, quebra com facilidade, esta elástico, ou quebrando os pedacinhos, o seu fio precisa de Reconstrução que será a reposição de massa que foi perdida devido a processos químicos ou mecânicos.
     EXTRA:
    O fio de cabelo e composto de:
 90% da proteína queratina que contém, na sua estrutura, 18 aminoácidos (Reconstrução)
  8% de água, lipídeos, pentoses, glicogênio e ácido glutâmico, (Hidratação e Nutrição)
  2% dos minerais cobre, ferro, zinco, alumínio e cobalto.
    Cronograma Capilar:
O cronograma capilar trata-se de um tratamento "rigoroso", centrado e
regrado dos cabelos. É um ciclo de tratamento organizado por estas três fases, Hidratação,
Nutrição e Reconstrução e que, geralmente esse ciclo tem a duração de 4 semanas.
Abaixo está a tabela ''oficial''.
                           Resultado de imagem para cronograma capilar
  • Hidratação: 
O fio hidratado é um fio que tem água, Máscaras e produtos hidratantes, que geram
HIDRATAÇÃO para os fios, são produtos com ativos
que doem água para os fios (o que chamamos de reposição hídrica, que dá a maciez para os fios). 
      Abaixo alguns componentes Hidratantes:
Glicerina Vegetal ou Glicerina, Bepantol, Extrato de Plantas Botânico, Proteína Elastina e
Colágeno, Panthenol, Aloe Vera, Vitaminas, Álcool modificados, Sacarose ou Derivados do Açúcar.
  • Nutrição:
A etapa da nutrição age nas escamas/cutículas dos fios, repondo e reconstituindo as "barreiras naturais"
do interior dos fios.Basicamente, essa etapa vai repor a gordura do fio. É a reposição lipídica que
dá o brilho aos fios.
Abaixo alguns componentes Nutritivos:
Manteiga de Cacau, Manteiga de Cupuaçu, Manteiga de Abacate, Manteiga de Macadâmia,
Manteiga de Tutano, Manteiga de Murumuru, Manteiga de Argan, Óleo de Coco, Óleo de Oliva,
Óleo de Abacate, Óleo de Tutano, Óleo de Karité, Óleo de Argan, Ceramidas...

                             
Reconstrução:
A etapa de Reconstrução consiste em aplicar nos cabelos a reposição de proteínas que foi perdida,
seja por processos químicos ou mecânicos que seu cabelo sofreu.A reconstrução trata-se da
reposição protéica dos fios. É nesta fase que repomos a força dos cabelos. Mas não é só de
queratina que vive um fio, como é o que espalham por aí. Você também pode e de reconstruir
os fios com aminoácidos, que são proteínas, como lisina, arginina, creatina. É a reconstrução
que vai pôr a força de volta nos seus fios.
    A reconstrução pode ser acrescida de queratina liquida, ou ampolas de queratina junto a 
sua mascara ou após o shampoo conforme for o uso dela pelo fabricante, a reconstrução com 
queratina é melhor para cabelos que estão com queda, sem justificativa, extremamente 
danificados por químicas, descoloração, opacos e sem vida, emborrachados, frágeis. 
    Abaixo alguns componentes reconstrutores:
   Queratina (Seus aminoácicos, Cisteina, serina , prolina, argilina), colágeno.

                           

O vídeo abaixo traz muito mais informações sobre essa agenda de cuidados com o cabelo

Grande parte das informações desse post foram retiradas do grupo Cronograma Capilar

sábado, agosto 27, 2016

Dispense sulfatos e petrolatos: seus cabelos agradecem

Oi, tudo bem? Você se preocupa com seu cabelo e quer ele brilhoso e saudável?Se a resposta é sim, continue lendo esse post porque nele eu explico tudo sobre o uso de pouco shampoo ou uso nenhum do mesmo e também a abolição de todo tipo de petrolato. 
    Essas técnicas priorizam o uso não só de shampoo leve para limpeza, como também de substâncias que tratem o fio por inteiro, sem mascará-lo. 
 IMPORTANTE: Tanto a técnica shampoo leve quanto a técnica sem shampoo podem ser aplicadas a qualquer tipo de cabelo.
·         

        ALERTA/IMPORTANTE: Antes de iniciar qualquer uma das rotinas, é obrigatório o uso de um shampoo que contenha sulfato forte, como o Sodium Laureth Sulfate para que sejam retiradas qualquer substâncias nocivas ao cabelo e você possa inicia-lá de maneira eficaz. Use-o de 02 a 03 vezes nessa última lavagem, pois assim os petrolatos serão definitivamente retirados da fibra e da raiz capilar. Nessa lavagem só é usado o shampoo COM sulfato (e sem petrolatos!). Não precisa ser shampoo anti-resíduos, após isso, faça uma boa massagem usando uma máscara liberada de nutrição ou hidratação (caso você não saiba a diferença de uma máscara para outra,na próxima semana farei um post sobre isso), enxágue e finalize como preferir (também usando produtos liberados).
       OBSERVAÇÃO: 
        A próxima lavagem já será totalmente de acordo com a técnica escolhida (já deixará de usar produtos proibidos, inclusive aquele shampoo COM sulfato).
       2 º OBSERVAÇÃO: TODOS os produtos pra técnica sem shampoo são liberados para a técnica shampoo leve mas nem todos os produtos liberados para shampoo leve podem ser usados para a técnica sem shampoo.  



       Quais são as substâncias nocivas ao cabelo?
São os petrolatos (que podem estar presentes em condicionadores, máscaras e cremes de pentear). Eles formam uma película em torno do fio que impede que a hidratação saia, mas da mesma forma também impede que a hidratação entre. Ou seja, eles vão impedir a eficiência dos outros componentes bons (vitaminas e etc). Eles funcionam como uma "maquiagem", que não tem função de hidratação ou tratamento nenhum para o cabelo, só formam uma camada que deixa o cabelo temporariamente mais brilhoso. Além disso, esses componentes precisam de sulfatos para serem removidos dos fios. 

- ATENÇÃO: 
Todos os componentes ao lado são derivados de petróleo,e se aparecer qualquer um deles em alguma parte do rótulo do produto,o mesmo é proibido.  














  • Porque evitar sulfatos no shampoo? 
Os sulfatos são detergentes super fortes usados para limpar o cabelo.  Porém, os sulfatos são comprovadamente muito agressivos aos fios dos cabelos, tendo um efeito progressivo de danos e ressecamento.

  • Quais são os sulfatos proibidos?
Se você quiser se livrar dos sulfatos nos seus shampoos,aqui ao lado está a lista de substâncias que você tem que evitar.  














  • Técnica Shampoo Leve 

 Essa técnica  tem como objetivo diminuir o uso de shampoo. Dessa forma, nessa técnica o shampoo comum é substituído pelo shampoo sem sulfato. E ai você deve estar se perguntando o porquê, e ai vai a resposta: os sulfatos são utilizados para realizar uma limpeza profunda dos fios e podem causar ressecamento e perda da oleosidade natural. 

PERGUNTA: “E se eu usar um shampoo SEM sulfato e continuar usando meus outros produtos proibidos (com petrolatos)?” 


RESPOSTA: Os petrolatos irão se acumular nos fios, afinal o shampoo sem sulfato não vai conseguir removê-los, e como consequência poderá haver quebra e opacidade dos cabelos.
      Entretanto existem alguns sulfatos liberados:

















* Há também alguns silicones insolúveis que podem ser usados na técnica.

















* Alguns produtos liberados para a técnica shampoo leve: 












































Técnica sem Shampoo

Quem segue essa técnica não utiliza shampoo para higienizar os fios.Dessa forma,os sulfatos fortes presentes nos shampoos comuns ficam de fora dessa técnica.
  Quando se  adere a essa técnica, o uso de produtos com silicones insolúveis em água é vetado, já os silicones solúveis são permitidos, estes saem na água durante a lavagem. 
      
     * Alguns produtos liberados para a técnica sem shampoo 


















































































  • Método de limpeza - Cowash 
Co = Condicionador 
Wash = Lavar 
Co-Wash = Lavar com Condicionador

O co-wash não é uma técnica, mas sim uma forma de limpeza que não utiliza shampoo, e prioriza a utilização de agentes de limpeza mais leves e com substâncias que tratam os fios por completo, sem mascarar a saúde do cabelo. 

Essa limpeza dos fios é feita com condicionadores sem nenhum tipo de silicones (nem solúveis e nem insolúveis). 

Tanto o Shampoo Leve quanto o Sem Shampoo fazem uso do método Co-Wash

  * O vídeo abaixo traz o passo a passo exato de como fazer o co-wash 


Resultado de imagem para cowash





* Grande parte das informações desse post foram retiradas do grupo Rotina Saudável  

sexta-feira, agosto 26, 2016

San Andrés: O paraíso colômbiano

Olá,tudo bem?Eu tenho uma listinha de lugares que quero muito conhecer e decidi compartilhar um desses destinos com vocês. Ficou curiosa para saber mais sobre esse lugar? Então continue lendo esse post porque tenho certeza que irá se apaixonar por essa ilha. 
  • Documentação necessária 
A Colômbia faz parte do bloco econômico Mercosul, e por isso, você não precisa de passaporte, então portando apenas a carteira de identidade você já consegue viajar para esse paraíso. 
ATENÇÃO:
* Carteira de motorista não vale
* Se a escala for em algum país que precisa de passaporte, como o Panamá, precisa sim dessa documentação.
 Antes de embarcar para a ilha, é preciso ter um boleto turístico. Ele custa COP 99.000 (R$111,00) e você pode comprá-lo no aeroporto, no guichê da companhia aérea, mas o pagamento deve ser feito exclusivamente em dinheiro.
* Ao chegar a San Andrés, é preciso fazer um novo processo de imigração, apresentando o passaporte – ou sua carteira de identidade – e o boleto turístico.Não esqueça de comprar um seguro  saúde, para caso aconteça alguma coisa já ter a quem/oque recorrer. 
  • Companhia aérea: partida...chegada...preços 
Pelo que pesquisei,as companhias aéreas que voam até San Andrés (saindo do Brasil) são Avianca, LAN e Copa, com escalas em Bogotá ou Panamá.Porém, pelo que eu andei pesquisando todos os vôos são com muitas horas de escala, aqui vai uma dica: pesquise e tente comprar sua passagem com muita antecedência,pois além de encontrar vôos com escalas mais rápidas,encontrará também preços mais acessíveis. 
    Os preços de passagem variam mas, estão na média de R$1.700,00 (por pessoa). 
  • Hospedagem 
Quando se fala em hospedagem lá em San Andrés, você tem uma gama de opções, desde grandes resorts até hostel's, isso  tudo vai depender do seu bolso. Atenção na localização porque mesmo que o preço seja acessível não vale ficar longe de tudo.De acordo com as minhas pesquisas, COP 90.000 (R$101,00)  é o preço médio de uma diária.Se topar ficar em um hostel,há boas opções custando entre COP 30.000 e COP 55.000. (R$ 33,65 - R$ 61,69). 
  • Refeições     
Pelo que tudo indica,assim como tudo em San Andrés, as refeições são bem em conta. A média de valores são para o café da manhã COP 7.900 (R$ 8,86), um almoço varia em torno dos COP 12.000 (R$13,46) e o jantar custa cerca de COP 20.000 (R$ 22,45). 
   Dica de alguns restaurantes:

 * Beer Station 
 * Café Café
  Subway
 * La Regata
 * Punta Sur
 * Crem Helado 
 * Mister Panino
 * Presto
  • Passeios 
Aqui, foi onde eu mais pesquisei. 

ATENÇÃO: 

Descobri que algumas agências aqui no Brasil já fecham os passeios, mas pelo que eu vi isso não é recomendado, porque lá, você poderá analisar e pechinchar  o preço dos passeios. Descobri também que algumas agências locais vão até o lugar onde você está hospedado, ou então encontrá agentes turísticos nas ruas e também na marina. 
   Pelas pesquisas, aqui vão alguns passeios imperdíveis:
  • Johnny Cay
  • Acuário e Mantarrayas 
  • Volta na ilha ( dica extra: faça esse tuor no primeiro dia, pois se gostar muito de um lugar dá pra voltar depois)
  • Mergulho com Cilindro
  • Aquanautas
  • Parasail 
  • Cayo Bolivar 
  • Sprat Bight ou Peatonal 
  • Jet Ski 
  • Transporte 
Dependendo de onde você se hospedar, fará a maior parte das coisas a pé, uma boa opção é usar táxi , ou até mesmo alugar moto ou mula (tipo carrinho de golfe) e pelo que vi, nem precisa de habilitação (CNH).
  • Dinheiro 
A moeda local é o peso colombiano,e pelo que eu vi nos sites de conversão, R$1,00 equivale á $892 pesos colombianos. A recomendação é levar em dólar e trocar por pesos colombianos lá, é recomendável você levar cerca de mil dólares( caso queira ir ás compras, leve um dinheiro extra).