sexta-feira, janeiro 22, 2016

Menina Mulher


"Ela não era daqui. Digo, deste planeta.
Não mesmo. Falava demais. Louquinha.
Mas era aí que estava seu charme.
Seu jeito estranho de falar sobre coisas interessantes.
Gostava e se perdia no meio da sua própria astrologia.
Desconfio que tinha signos e planetas só seus.
Inventava um novo mundo
Onde vivia e viajava com o coração meio perdido.
Era um caos. Era uma menina mulher.
Atitudes e beleza pra deixar muito homem babando.
E ela gostava disso...
Era meio a menina linda, louca e mimada da música.
Era meio indefinível. Nem sei mesmo porque estou escrevendo sobre ela.
Palavras em vão pra descrever aquele brilho no olhar.
Tempo perdido em meio a tantos versos escritos."