sexta-feira, agosto 26, 2016

San Andrés: O paraíso colômbiano

Olá,tudo bem?Eu tenho uma listinha de lugares que quero muito conhecer e decidi compartilhar um desses destinos com vocês. Ficou curiosa para saber mais sobre esse lugar? Então continue lendo esse post porque tenho certeza que irá se apaixonar por essa ilha. 
  • Documentação necessária 
A Colômbia faz parte do bloco econômico Mercosul, e por isso, você não precisa de passaporte, então portando apenas a carteira de identidade você já consegue viajar para esse paraíso. 
ATENÇÃO:
* Carteira de motorista não vale
* Se a escala for em algum país que precisa de passaporte, como o Panamá, precisa sim dessa documentação.
 Antes de embarcar para a ilha, é preciso ter um boleto turístico. Ele custa COP 99.000 (R$111,00) e você pode comprá-lo no aeroporto, no guichê da companhia aérea, mas o pagamento deve ser feito exclusivamente em dinheiro.
* Ao chegar a San Andrés, é preciso fazer um novo processo de imigração, apresentando o passaporte – ou sua carteira de identidade – e o boleto turístico.Não esqueça de comprar um seguro  saúde, para caso aconteça alguma coisa já ter a quem/oque recorrer. 
  • Companhia aérea: partida...chegada...preços 
Pelo que pesquisei,as companhias aéreas que voam até San Andrés (saindo do Brasil) são Avianca, LAN e Copa, com escalas em Bogotá ou Panamá.Porém, pelo que eu andei pesquisando todos os vôos são com muitas horas de escala, aqui vai uma dica: pesquise e tente comprar sua passagem com muita antecedência,pois além de encontrar vôos com escalas mais rápidas,encontrará também preços mais acessíveis. 
    Os preços de passagem variam mas, estão na média de R$1.700,00 (por pessoa). 
  • Hospedagem 
Quando se fala em hospedagem lá em San Andrés, você tem uma gama de opções, desde grandes resorts até hostel's, isso  tudo vai depender do seu bolso. Atenção na localização porque mesmo que o preço seja acessível não vale ficar longe de tudo.De acordo com as minhas pesquisas, COP 90.000 (R$101,00)  é o preço médio de uma diária.Se topar ficar em um hostel,há boas opções custando entre COP 30.000 e COP 55.000. (R$ 33,65 - R$ 61,69). 
  • Refeições     
Pelo que tudo indica,assim como tudo em San Andrés, as refeições são bem em conta. A média de valores são para o café da manhã COP 7.900 (R$ 8,86), um almoço varia em torno dos COP 12.000 (R$13,46) e o jantar custa cerca de COP 20.000 (R$ 22,45). 
   Dica de alguns restaurantes:

 * Beer Station 
 * Café Café
  Subway
 * La Regata
 * Punta Sur
 * Crem Helado 
 * Mister Panino
 * Presto
  • Passeios 
Aqui, foi onde eu mais pesquisei. 

ATENÇÃO: 

Descobri que algumas agências aqui no Brasil já fecham os passeios, mas pelo que eu vi isso não é recomendado, porque lá, você poderá analisar e pechinchar  o preço dos passeios. Descobri também que algumas agências locais vão até o lugar onde você está hospedado, ou então encontrá agentes turísticos nas ruas e também na marina. 
   Pelas pesquisas, aqui vão alguns passeios imperdíveis:
  • Johnny Cay
  • Acuário e Mantarrayas 
  • Volta na ilha ( dica extra: faça esse tuor no primeiro dia, pois se gostar muito de um lugar dá pra voltar depois)
  • Mergulho com Cilindro
  • Aquanautas
  • Parasail 
  • Cayo Bolivar 
  • Sprat Bight ou Peatonal 
  • Jet Ski 
  • Transporte 
Dependendo de onde você se hospedar, fará a maior parte das coisas a pé, uma boa opção é usar táxi , ou até mesmo alugar moto ou mula (tipo carrinho de golfe) e pelo que vi, nem precisa de habilitação (CNH).
  • Dinheiro 
A moeda local é o peso colombiano,e pelo que eu vi nos sites de conversão, R$1,00 equivale á $892 pesos colombianos. A recomendação é levar em dólar e trocar por pesos colombianos lá, é recomendável você levar cerca de mil dólares( caso queira ir ás compras, leve um dinheiro extra).